Lipofilling / Lipoescultura

Permite utilizar a gordura da própria pessoa para preencher irregularidades e rugas, constituindo, atualmente, uma técnica amplamente estabelecida. As indicações estéticas para a realização da lipoescultura incluem emagrecimento das bochechas, desaparecimento de gordura das maçãs do rosto, rugas profundas desde o nariz até aos cantos da boca e, em alguns casos, de linhas de expressão entre as pálpebras inferiores e a bochecha. É também um dos métodos mais utilizados para o aumento dos lábios. Além disso, a lipoescultura pode ser utilizada para disfarçar qualquer tipo de irregularidades, tais como aquelas resultantes de lipoaspirações indevidamente realizadas.
A gordura necessária, normalmente, é retirada do abdómen ou da parte interior da coxa. A gordura aspirada é processada através de centrifugação, filtragem e lavagem; o resultado é um tecido adiposo líquido puro pronto para a injeção onde é necessária.
 Após a intervenção, surgirá um edema (inchaço) que irá aumentar até ao terceiro dia, começando a diminuir progressivamente, a partir daí. Cerca de uma semana a dez dias após a intervenção, a maioria dos pacientes sente-se confiante para retomar a vida social normal.

Pode ocorrer ao nível de uma zona ou de várias zonas, em simultâneo:

  • Lipofilling pós lipoaspiração, re-implantando gordura nas nádegas, seios, face (maçãs do rosto, bchechas, lábios) e dorso das mãos,  recorrendo a gordura autóloga (do próprio paciente).