Correção de cicatrizes inestéticas e de queloides

Permite melhorar o aspecto das cicatrizes. Está indicada para pacientes com cicatrizes inestéticas (deprimidas, alargadas, elevadas, quelóideanas, hipertróficas, etc.). Uma cicatriz considerada boa, esteticamente, tem uma coloração e textura próximas da pele normal.

Muitas variáveis podem afetar a forma como o organismo cicatriza, nomeadamente: o tipo de trauma ou cirurgia, o tamanho e a profundidade da ferida, a irrigação sanguínea na área afetada, a espessura e cor da pele e a direção, posicionamento ou localização da cicatriz.

Embora nenhuma cicatriz possa ser removida completamente, os cirurgiões plásticos podem melhorar o seu aspeto, tornando-as menos evidentes através de procedimentos clínicos como a injeção de corticoides locais e procedimentos cirúrgicos. Vários fatores (genética, idade, exposição solar, diabetes, etc.) interferem na cicatrização e na qualidade final da cicatriz. Assim, algumas cicatrizes são de difícil tratamento apesar de todos os recursos disponíveis.